Apresentação

O Centro de Formação iniciou a sua atividade em 1997 enquadrado na empresa Mota & Companhia. Após a criação do Grupo Mota-Engil passou a fazer parte da MESP, Mota-Engil Serviços Partilhados Administrativos e de Gestão, S.A, com a denominação de Centro de Formação Mota-Engil. Em 2012, após a certificação como entidade formadora, pela DGERT, da Fundação Manuel António da Mota, o centro de formação foi transferido para a sua alçada com a denominação Centro de Formação Profissional Manuel António da Mota.


A certificação pela DGERT da Fundação Manuel António da Mota contempla as seguintes áreas de formação:

582. Construção Civil e Engenharia Civil

522- Eletricidade e Energia

862. Segurança e Higiene do Trabalho

346. Secretariado e Trabalho Administrativo

347. Enquadramento na Organização/Empresa

O Centro de Formação conta já com 20 anos de experiência formativa e promovendo ações de formação  para jovens no âmbito do Sistema de Aprendizagem,  em articulação com o IEFP.

O centro de Formação dá assim resposta  a jovens  que o  procuram com o objetivo de obter uma qualificação, promovendo assim  a sua integração ou reintegração  profissional.

A Fundação Manuel António da Mota pretende pois assegurar o desenvolvimento de cursos de Aprendizagem, destinados a jovens, em áreas temáticas consideradas estratégicas para o desenvolvimento do país e para a integração socioprofissional dos jovens formandos, mantendo o protocolo existente com o IEFP.

A Fundação está convicta de que a formação e qualificação profissionais constituem um poderoso veículo de inserção social pelas oportunidades que proporcionam aos ativos mais qualificados, apostando em elevadas taxas de empregabilidade que a sua ligação a um importante grupo económico e ao mercado de trabalho permitem aliás potenciar.